Convidados

Convidados do Simpósio

Grandes nomes irão participar do II Simpósio Internacional Subjetividade e Cultura Digital. Veja a programação aqui. A gente separou (por ordem alfabética) os currículos e fotos de cada um deles, para que você os identifique no evento. 🙂

ANDRÉ AMPAROandre amparo_face
Diretor, roteirista e produtor de documentários, séries para televisão, filmes de longa e curta metragem, videoarte e vídeo instalações. Graduado em Comunicação Social pela UFMG com cursos de especialização nos EUA (SVA/Harvestworks – NY), França (INA – Institut National de l’Audiovisuel) e Holanda (Vrije Academie – Haia). Consultor e realizador independente da TV das Nações Unidas (UNTV – Public Information Office, NY), com missões oficiais realizadas no Haiti e República Dominicana. Trabalhos para televisão exibidos por diversos canais e obras audiovisuais apresentadas em mais de 40 países. É diretor e criador da série audiovisual BABEL SP (canal HBO, estreia prevista para 2019). Diretor e criador da série audiovisual SOU AMOR (parceria com o realizador Cris Azzi), tendo como proposta a desmistificação de questões de gênero, relacionamento e sexualidade do público jovem. Projeto vencedor do Edital Prodav – TVs Públicas. Exibições na TV Cultura (2019) e Rede Minas (2018/2019).


BENOÎT LE BOUTEILLER
BENOÎT LE BOUTEILLER
Psicanalista francês, Benoît Le Bouteiller hoje vive em Belo Horizonte, onde exerce a clínica, oferece supervisão de casos e ministra seminários. Como professor, trabalhou em vários institutos de formação no campo sócio-medicinal. Participou igualmente da criação e do acompanhamento de formações profissionais. Dirigiu também vários grupos de análise de práticas institucionais e clínicas. Regularmente é convidado a participar de congressos na Europa, nos Estados Unidos e no Brasil para apresentar suas pesquisas. Os resultados dessas são frequentemente publicados em revistas científicas internacionais.

Charles AugustoCHARLES AUGUSTO
Possui mestrado em performance musical pela Escola de Música da UFMG e é bacharel em percussão pela UNESP. Se dedica a pesquisar performance musical, especialmente música eletroacústica mista e outros processos tecnológicos. É membro do Grupo PIAP (2006-2010) e durante este período realizou concertos com Duo Labèque, fazendo uma turnê pelo continente norte-americano (EUA e Canadá). Também foi membro de grupos de câmara, tais como: SCHALAG!; Signum Trio; Oficina Música Viva; Sonante 21; Camerata Aberta. Com este último grupo fez a gravação do CD Espelho d’Água, além de concertos no Brasil e nos EUA. Atualmente é professor de percussão na UFOP e diretor artístico do Grupo de Percussão desta universidade. Desde 2016, é apoiado pelas empresas Philarmonie e ADAMS.

CLARISSA PITERMAN GROSSClarissa Gross_google
Doutora em Direito, área de concentração de Filosofia e Teoria Geral do Direito, pela Universidade de São Paulo (USP). Contemplada com o Fox International Fellowship concedido pela Yale University para o ano acadêmico 2015/2016. Foi Visiting Researcher na Australian National University (ANU), pelo período de março a maio de 2017. Possui mestrado em Direito e Desenvolvimento pela Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas – DIREITO GV (2012) e graduação em direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Realizou intercâmbio acadêmico na Universidade Paris 1 – Panthéon – Sorbonne, pela Faculdade de Direito da UFMG. Possui formação complementar na área de Direito Digital Aplicado pela Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas – GVlaw. Coordena a Plataforma de Liberdade de Expressão e Democracia (PLED) da Escola de Direito de São Paulo da FGV. Foi professora na Escola de Direito de São Paulo da FGV, na Universidade São Judas Tadeu e na Escola Paulista de Direito (EPD). Foi pesquisadora da Escola de Direito de São Paulo da FGV na área de Direito e Inovação.

CRIS AZZICris Azzi_face
Diretor, produtor e roteirista brasileiro. É graduado em Comunicação Social na Faculdade de Comunicação e Artes da PUC -MG. Assistente de Direção por mais de uma década, contribuiu para a realização de mais de 20 projetos entre longas metragens e séries de TV trabalhando com diretores como Karim Ainouz, Paul Leduc, Tata Amaral, Anna Muyllaert e Sergio Rezende. Como diretor estreou com o longa metragem documentário Sumidouro em 2007, melhor longa metragem internacional no FICA 2008 e exibido na mostra competitiva do Festival É TUDO VERDADE do mesmo ano. É o criador e co-diretor do projeto O DIA DO GALO, documentário. vencedor do juri popular da 18 Mostra de Cinema de Tiradente. Em 2018 lançou duas novas produções. A obra seriada SOU AMOR, em co-direção com André Amparo, e o filme de ficção LUNA. Atualmente se dedica a finalização de um filme documentário sobre as eleições presidenciais brasileiras de 2018.

CRISTINA PONTECristina Ponte
PhD em Ciências da Comunicação (2002), Professora associada com Habilitação em Media e Estudos de Jornalismo (2011) na FCSH da Universidade Nova de Lisboa, onde ela é atualmente assistente do vice-reitor para a Comunicação. Coordenadora da equipe de Portuguesa na rede Global Kids Online desde 2006; Vice-presidente do Grupo de Trabalho Temporário sobre Crianças, Jovens e Mídia (desde 2012) – ECREA. Autora e editora de 13 livros e tem mais de 40 artigos publicados em periódicos nacionais e internacionais.

CRISTINA VIDIGAL Cristina Vidigal
Psicanalista clínica, membro da Escola brasileira de Psicanálise (EBP) e da Associação Mundial de Psicanálise (AMP). Cristina também é supervisora de Clínica Psicanalítica do Núcleo Investigação de Anorexia e Bulimia do Hospital das Clínicas de e coordenou por 9 anos a Nova Rede CEREDA -Brasil (Centre de Recherche de L’Enfant dans le Discours Analitique) e a da Diagonal Americana da NRCEREDA.


DANIELA COSTA
DANIELA COSTA
Mestre em Comunicação e Semiótica e doutoranda em Educação pela PUC de São Paulo. Professora e autora de obras didáticas e paradidáticas, tem experiência na elaboração de projetos envolvendo tecnologia e educação para a formação de docentes. Atualmente, coordena a pesquisa nacional TIC Educação, vinculada ao Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (CETIC.br).

fabian

FABIAN FAJNWAKS
Professor do Departamento de Psicanálise da Université de Paris VIII, doutor pela Université Rennes II e pela Université de Paris VIII, membro da Ecole de la Cause Freudienne (ECF) e da Escuela de la Orientacion Lacaniana (EOL). É autor de diversas obras, dentre elas “Subversion Lacanienne des théories du genre”.


felipeFELIPE OLIVEIRA

Ator, nascido em Cataguases (MG), onde iniciou seus estudos artísticos no Ponto de Interação nas Artes (Pina). Estudante do Curso Técnico Teatro Universitário e graduando de Licenciatura em Teatro, ambos pela UFMG, onde atuou como monitor na área de estudos vocais e musicais. Integrante do Coletivo de Teatro Negro “Espelho”, pesquisa questões de negritude em cena. Em 2017 protagonizou a série de TV Sou Amor, dirigida por André Amparo e Cris Azzi. Em 2018 atuou no curta-metragem PEIXE de Yamim Guimarães e no longa-metragem Marte Um de Gabriel Martins.

gilson iannini_lattesGILSON IANNINI
Professor do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Minas Gerais. Foi professor do Departamento de Filosofia da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). É doutor em filosofia pela USP (2009) e mestre em filosofia pela UFMG (1998). Entre 2014-2015, desenvolveu pesquisa de pós-doutorado, sobre as relações entre ciência e literatura em Freud, com bolsa do CNPq. Obteve, em 2005, na Université Paris VIII, o título de Master en Psychanalyse: concepts et clinique, além de participar da sessão clínica da École de la Cause Freudienne. Graduou-se em psicologia pela UFMG (1994). Integrou o núcleo de pesquisas em psicose do Instituto de Psicanálise e Saúde Mental de Minas Gerais. Como editor, publicou mais de cinquenta livros e editou revistas. Foi criador e editor-chefe da revista ARTEFILOSOFIA, tendo publicado os nove primeiros números. Coordena a Coleção Filô (Ed. Autêntica) e foi membro do Conselho editorial da Editora da UFOP (2011-12). É editor e idealizador da Coleção Obras Incompletas de Sigmund Freud. Atualmente, é editor-associado da Coleção FIGURES OF THE UNCONSCIOUS da Leuven University Press (LUP). Atua como consultor/revisor de diversos periódicos. É membro do GT de Filosofia e Psicanálise da ANPOF e da International Society of Psychoanalysis and Philosophy/Société Internationale de Psychanalyse et Philosophie. A partir de julho de 2013 fez parte da Comissão de avaliação trienal da CAPES. Atualmente, integra o grupo FURO, que leva atendimento psicanalítico gratuito às praças da cidade, além de se articular teoricamente com pesquisadores da arquitetura e geografia.

Giselle Beiguelman_lattesGISELLE BEIGUELMAN
Artista e professora Livre-Docente da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP). Pesquisa preservação de arte digital, arte e ativismo na cidade em rede e as estéticas da memória no século 21. Desenvolve projetos de intervenções artísticas no espaço público e com mídias digitais. É autora de vários livros e artigos sobre o nomadismo contemporâneo e as práticas da cultura digital. Entre seus projetos recentes destacam-se Memória da Amnésia (2015), Odiolândia (2017) e a curadoria de Arquinterface: a cidade expandida pelas redes (2015). Suas obras artísticas integram acervos de museus no Brasil e no exterior, como ZKM (Alemanha), MAC-USP e MAR (Rio de Janeiro), entre outros.

helena greco_faceHELENA GRECO
Possui graduação em psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2007), graduação em arquitetura e urbanismo pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2000), mestrado em Psicologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2010). Doutoranda do Programa de pós-graduação em Psicologia- Teorias Psicanalícas- da UFMG.

Ivana Bentes Oliveira_lattesIVANA BENTES
Professora Titular da UFRJ e doutora em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. É professora e pesquisadora do Programa da Pós Graduação em Comunicação da UFRJ e Diretora da Escola de Comunicação da UFRJ. É coordenadora do Pontão de Cultura Digital da ECO/UFRJ e do Laboratório de Inovação Cidadã da UFRJ. Atua no campo da comunicação, com ênfase nas questões das tecnologias da comunicação, cultura e cultura de redes. Ivana vai estar com a gente na tarde de quinta-feira, na mesa Virtualidade, arte e criação: construções e desconstruções.

jose carlosJOSÉ CARLOS SANTOS RIBEIRO
Professor do Instituto de Psicologia da Universidade Federal da Bahia. Com doutorado em Comunicação e Cultura Contemporâneas/UFBA e pós-doutorado pela Universidade Nova de Lisboa, está associado como pesquisador aos Programas de Pós-Graduação em Psicologia e em Comunicação e Cultura Contemporâneas da UFBA. É coordenador do GITS – Grupo de Pesquisa em Interações, Tecnologias Digitais e Sociedade (UFBA/CNPQ) e professor colaborador do LAB404 – Laboratório de Pesquisa em Mídia Digital, Redes e Espaço (UFBA/CNPQ).Tem experiência nas áreas de Psicologia Social e de Comunicação, com ênfase em Novas Tecnologias Digitais.

JULIANA BATISTA DOS REIS JULIANA BATISTA DOS REIS
Doutora em Educação e mestre em Ciências Sociais pela UFMG. Professora do Departamento de Ciências Aplicadas à Educação da Faculdade de Educação da UFMG, coordena o Observatório da Juventude na mesma instituição. Ganhadora do Prêmio UFMG de Teses, tem vários trabalhos publicados sobre culturas juvenis, territórios urbanos e cibercultura.

MÁRCIO RIMET NOBREMÁRCIO RIMET NOBRE
Especialista em teoria psicanalítica com formação em psicologia, Márcio Rimet Nobre é mestre pela PUC Minas e doutorando pela UFMG. Integrante do grupo de pesquisa Além da Tela e do grupo de estudo SIGA (Sociedade da Informação e Governo Algorítmico), concentra suas investigações na interface psicanálise e cultura digital. É autor do livro Realidade Virtual, Realidade Psíquica na Pós-Modernidade: um encontro com Freud na infinitude fantasística do ciberespaço, fruto de sua dissertação, e coorganizador de Juventude e Cultura Digital: diálogos interdisciplinares e Corpo e Cultura Digital: diálogos interdisciplinares.

marcoantonioMARCO ANTÔNIO SOUZA ALVES
Membro do Programa de Pós-Graduação em Direito da UFMG e coordenador do SIGA (Grupo de Estudos em Sociedade da Informação e Governo Algorítmico) e do GFDP (Grupo de Estudos em Filosofia, Direito e Poder). Doutor em Filosofia pela UFMG, com estágio de pesquisa na École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS), foi prestigiado com o Prêmio UFMG de Teses e menção honrosa no Prêmio CAPES de Tese. Envolvido em pesquisas sobre a cultura digital, publicou alguns trabalhos sobre essa temática, dentre eles A cibercultura e as transformações em nossas maneiras de ser, pensar e agir, contido no livro Juventude e Cultura Digital: diálogos interdisciplinares.

MARCUS ABÍLIO MARCUS ABÍLIO GOMES PEREIRA_1.jpg
Professor associado do departamento de Ciência Política da Universidade Federal de Minas Gerais. Doutor em Sociologia Política pela Universidade de Coimbra, Portugal (2008), com doutorado-sanduíche na Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales (EHESS/ Paris 2007). Possui grau de mestre em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais (2000) e graduação em Direito pela Faculdade de Direito Milton Campos (1997). Coordena o Centro de Pesquisas em Política e Internet (CePPI) Os seus interesses de investigação centram-se em questões relacionadas com a teoria democrática, pensamento decolonial, teoria dos movimentos sociais e o uso de tecnologias de informação e comunicação, atuando nos temas de participação digital e repertórios de ação.

PABLO LÓPEZ GÓMEZPABLO LÓPEZ GÓMEZ 
Doutor em Educação pela Universidad Nacional de Entre Ríos e professor da Facultad de Psicología da Universidad de la República. Vinculado ao Programa Género, Salud Reproductiva y Sexualidades do Instituto de Psicología de la Salud, realiza pesquisas sobre gênero, sexualidade, violência e ambientes digitais.

RITA DE CÁSSIA LUCENA VELLOSO Rita de Cássia Lucena Velloso_lattes
Possui graduação em Arquitetura pela Universidade Federal de Minas Gerais (1989), mestrado em Filosofia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1999), doutorado em Filosofia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2007), com estágio doutoral na McGill University, Montreal, CA (2005). Atualmente é professor adjunto 2 da Escola de Arquitetura e Design da UFMG (desde 2012) e professor adjunto IV da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (desde 1996). Integra o corpo docente do NPGAU/UFMG, como professor efetivo. Coordena o grupo de pesquisa Cosmopólis (CNPq), sediado na Escola de Arquitetura da UFMG Entre 2008 -2013 foi Coordenadora do Observatório de Politicas Urbanas da PUC Minas/ OPUR. É pesquisadora do Observatório das Metrópoles na UFMG.

Rodrigo MirandaRODRIGO MIRANDA
Possui graduação em Piano pela UFMG, mestrado pela Hartt School of Music em Hartford e doutorado em performance pianística pela University of Connecticut. Recebeu, entre outras, as bolsas Evelyn Bonar Storrs do Musical Club of Hartford e a Virginia Southworth Award. Rodrigo Miranda possui diversos prêmios em concursos nacionais de piano, incluindo o Concurso Arnaldo Estrella, o Concurso Nacional de Piano de Governador Valadares e o Concurso Art Livre. Foi também vencedor da Miami String Quartet Competition. É fundador do grupo coral Vallis Musicae, do qual é um dos co-diretores e com o qual realizou diversas turnês em países como EUA, Brasil, Espanha, Argentina, Irlanda e Reino Unido. Atualmente, Rodrigo é professor da Escola de Música da UEMG.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s